Buscar
  • PATAMAR CONSULTORIA EJ

A importância do RH para empresas

Atualizado: Abr 23

Durante a era industrial, as máquinas garantiam aos donos dos meios de produção uma grande produtividade e se esperava que a mão de obra humana acompanhasse essas máquinas. Os trabalhadores eram submetidos a trabalhos altamente mecânicos e repetitivos e a condições de pouca ou nenhuma segurança e, muitas vezes, insalubres, como mostra o filme “Tempos Modernos”, dirigido por Charlie Chaplin. A função da equipe de recursos humanos, nessa época, era demitir aqueles que não apresentavam uma alta produtividade e contratar novas pessoas.


Na metade do século XX, inicia-se uma grande mudança do pensamento de “trabalhador como recurso passivo”, ou seja, o humano como complemento da máquina. Isso porque foram divulgados estudos sobre a influência do ambiente de trabalho sobre a mão de obre humana e a sociedade passou a entendê-la como valiosa para a empresa.


Dessa forma, a área de Recursos Humanos (também chamada de Gestão de Pessoas) tem ganhado cada vez mais importância no cenário dos negócios, pois ela não só vai procurar desenvolver os funcionários para que se tornem líderes, mas serão os mediadores entre eles e a diretoria. É a equipe de RH que ficará responsável por mostrar aos funcionários que a respectiva empresa é um lugar agradável para se trabalhar e, para a diretoria, que certos funcionários estão se esforçando e se destacando ou se há algum que precisa de uma maior capacitação.


Além disso, segundo Josué Bressane, sócio-diretor da consultoria Falconi Gente, o profissional de RH, hoje em dia, está a par das estratégias da empresa e ocupa cadeiras nas reuniões com outros altos executivos.


Não só isso, a área de gestão de pessoas é responsável por algumas das funções mais importantes das companhias:


1. Recrutamento (processos seletivos):

Além da divulgação do processo seletivo junto à área de Marketing, a equipe de RH é responsável pela escolha daqueles que mais se mostrarem semelhantes com as particularidades da vaga e com a cultura da empresa, de forma a selecionar a pessoa certa para a vaga certa.


2. Capacitações (treinamentos):

Como já dito, os profissionais de RH devem ajudar a desenvolver liderança nos demais funcionários. Para que isso ocorra de forma efetiva, nada melhor do que treinamentos que atualizem e apresentem diferentes formas de realizar as atividades. Como consequência da capacitação, a autoestima dos membros e o sentimento de valorização pela empresa cresce, o que aumenta também o desempenho e engajamento deles na organização.


3. Orientação e monitoramento:

Além de capacitá-los, é necessário prestar um acompanhamento para avaliar se os funcionários estão alinhados com a cultura e os valores da empresa, bem como entregando resultados. Ademais, o funcionário, no momento em que entra na empresa, muitas vezes se sente confuso, perdido; junto ao diretor da área em que ele foi alocado, o profissional do RH o orienta para que ele se sinta mais independente e engajado.


Em conjunto com as ações da equipe de Gestão de Pessoas, uma boa maneira de verificar se os funcionários da empresa se sentem bem no ambiente de trabalho é:


4. Análise de clima:

A análise de clima é uma ferramenta que tem como objetivo exatamente avaliar como o quão agradável está o ambiente do negócio, como os funcionários enxergam o seu desenvolvimento e o valor que veem em suas atividades empresariais e se eles se sentem motivados. Com essas informações, é possível traçar planos de ação para a política de gestão de pessoas, uma vez que é ela que cuida dessa questão. Nós, da Patamar Consultoria, oferecemos esse serviço, caso essa seja uma dor de sua empresa, contate um de nossos consultores gratuitamente!

Empresa Júnior de Consultoria de Negócios criada e gerenciada por alunos de Administração e Engenharia de Produção, 

Todo o valor ganho é revertido para a formação profissional dos nossos membros e alunos da UNIRIO

Saiba mais sobre nós...
Rua Voluntários da Pátria, 107 - 3° andar, Rio de Janeiro
Telefone: (021) 99437 - 4909