Buscar
  • PATAMAR CONSULTORIA EJ

Diminuir custos na empresa: 7 dicas para otimizar seu negócio.

Atualizado: Abr 26




Em todo momento de recessão econômica as empresas e seus gestores tendem a diminuir seus custos de maneira geral. Este tópico lhe ajudará a fazer cortes eficientes, que lhe trarão resultados e economias reais, sem prejudicar a dinâmica do seu negócio.



1 - Revise seus planos telefônicos e de internet.

Internet e telefone são coisas indispensáveis para qualquer empresa. Estas plataformas são a ponte entre você e seus clientes e fornecedores.

É possível que se reduza os custos com estes de maneira muito simples. Para começar é preciso observar o quanto se gasta com isso em sua empresa e perceber quanto de telefonia e internet são necessários. Sabendo o quanto sua empresa necessita fica mais fácil negociar pacotes mais bem dimensionados com as empresas prestadoras. A partir daí faça cotações com as mesmas, buscando o melhor preço, lembrando sempre de pensar no longo prazo em relação aos custos.



2 - Faça uso de um banco de horas.

Este conceito se trata de um sistema para que se flexibilize as horas extras. Este sistema beneficia os gestores e os colaboradores. Este sistema visa a otimização e benefício de ambas as partes.

É importante observar que os aspectos legais devem ser sempre bem observados, pois este processo visa diminuir custos e não aumentar por conta de um processo trabalhista. Observe que a compensação destas horas deve acontecer no exercício de um mesmo ano.



3 - Envolva sua equipe na redução dos custos.

É muito importante a integração da sua equipe nas mudanças, eles serão diretamente afetados por elas, no sentido de que eles lidam com estas diariamente, ou seja, é fácil pensar em aproveitar esta vivencia para otimizar tais mudanças. Existem custos desnecessários que só alguém que lida com esta atividade diariamente pode perceber sua ineficiência.

Com isso, abra espaço para que seu time sugira mudanças, e deem opiniões sobre o que está sendo planejado antes que venha a ser executado algo que não trará bons resultados, ou que atrapalhará o bom fluxo de trabalho da empresa.

Lembre-se, uma equipe engajada é catalisadora de mudanças.




4 - Mantenha controle sobre o fluxo de caixa da empresa.

É importante perceber como e quanto dinheiro entra e sai do caixa da empresa ao longo do ano.

Tomando como exemplo um varejista de chocolates, com um fluxo de caixa bem estudado será perceptível que sua demanda aumentará em datas próximas de feriados como a Páscoa e o Natal, bem como perceber que sua demanda pode diminuir nos períodos subsequentes a estes. Com isso fica mais fácil negociar melhores preços e prazos junto a fornecedores, e investir a quantia certa de dinheiro para cada momento, otimizando os lucros e evitando custos desnecessários.



5 - Observe os seus estoques.

Muitas empresas não observam devidamente o PMGE (prazo médio de giro de estoque) de alguns produtos e acabam ficando com estes parados. Produtos parados em estoque nunca são um bom sinal, desde o início já mostram que não se sabia bem o que comprar, passando por custos extras para manter isto guardado, e chegando até ao comprometimento dos lucros caso essa mercadoria sofra uma deterioração, como um alimento perecível.

É muito importante que se conheça bem seus produtos, pois assim você sabe quanto dele comprar a cada quanto tempo.




6 - Crie metas de redução de custos.

Toda empresa tem aqueles custos que não podem ser extintos de maneira alguma, como energia elétrica, uso de papel entre outros. Porém mesmo que estes custos não possam ser eliminados, isso não significa que não possam ser reduzidos com a ajuda de todos.


Estas metas são criações de pequenos objetivos de economia, estimulando, por exemplo, que os funcionários apaguem sempre as luzes quando saírem de um ambiente, que eles evitem uso de documentos impressos se esses podem ser digitais. Atitudes simples que podem fazer toda a diferença no fim do mês.


Com este mesmo objetivo pode-se pensar também em facilitar a economia destes custos inevitáveis, pensando em, por exemplo, quando se trata de energia elétrica, trocar a iluminação por LEDs que são mais econômicos e iluminam melhor, Melhorar a iluminação natural dos ambientes, investir em aparelhos que consumam menos energia. Ou ainda para evitar uso de copos descartáveis, dar canecas ou copos aos funcionários para que cada um tenha seu próprio e não gaste descartáveis.


É importante salientar que sempre que se trata deste tipo de metas que envolvem diretamente todos os colaboradores da empresa é de suma importância à liderança, visando o engajamento de todos.



7 - Procure fazer uso de plataformas estratégicas.

Com transformação digital, muitas ferramentas surgiram e podem gerar vantagem para a gestão da sua empresa. Muitas destas são plataformas excelentes e gratuitas.

Trouxemos aqui algumas plataformas que podem auxiliar em diversas tarefas.


Gestão de tarefas e documentos - Trello, Slack (integra comunicação), Google Drive.


Plataformas de Comunicação - Zoom, Whatsapp, Google Meet, Google hangouts, Apper.in


Criação de design - Canva, Crello.


Sempre se lembre que existem várias destas plataformas, aqui estão apenas algumas, caso estas não sejam o suficiente, basta procurar por outras. Elas são muito simples de serem encontradas.


Esperamos que essas valiosas dicas tenham ajudado, caso surja alguma dúvida lembre-se que temos outros posts aqui e que você sempre pode contar com nossa ajuda. Siga a Patamar Consultoria nas nossa redes sociais para mais conteúdos de grande valor como esse aqui.

Não se esqueça, essas dicas podem ser aplicadas sempre, pois ajudam a sua empresa a se tornar mais eficiente. Elas elevam o seu Patamar.


Empresa Júnior de Consultoria de Negócios criada e gerenciada por alunos de Administração e Engenharia de Produção, 

Todo o valor ganho é revertido para a formação profissional dos nossos membros e alunos da UNIRIO

Saiba mais sobre nós...
Rua Voluntários da Pátria, 107 - 3° andar, Rio de Janeiro
Telefone: (021) 99437 - 4909