• PATAMAR CONSULTORIA EJ

Sustentabilidade - Reciclagem

Atualizado: 1 de Out de 2019

Definição de Reciclagem : É um processo que consiste no reprocessamento de uma parte reutilizável de determinada substância ou matéria, que seria descartada no meio ambiente, para torná-la em algo potencialmente útil.

Tal processo é de suma importância na gestão de resíduos sólidos, pois permite retornar para dentro de processos produtivos materiais que seriam descartados diminuindo a quantidade de matéria prima virgem extraída da natureza, e é o terceiro componente na hierarquia dos resíduos: REDUZIR, REUTILIZAR e RECICLAR.

No Brasil, a reciclagem é considerada uma fonte de renda para muitos, principalmente para catadores de latinhas de alumínio, que no ano de 2014, injetaram R$845 milhões na economia, segundo pesquisa da Abralatas (Associação Brasileira de Produtores de lata de alumínio). Além de possuirmos o título de maior reciclador mundial de latas de alumínio com um índice de 98,4%.


Porém ainda enfrentamos grandes problemas em relação a separação dos resíduos e a desinformação da população.


O primeiro se não for realizado de maneira correta pode acarretar no reaproveitamento de apenas 1% do lixo. E quando há a separação de maneira correta o aproveitamento sobe para 70%.


Já o segundo se confirma através de uma pesquisa divulgada pelo Ibope Inteligência e encomendada pela cervejaria Ambev, onde é afirmado que 66% dos brasileiros afirmam saber pouco ou nada a respeito de coleta seletiva e 28% não sabem citar quais são as cores das lixeiras para coleta do lixo.

“É fundamental sabermos qual a responsabilidade de cada um dentro desse processo. Toda escolha que fazemos no dia-a-dia contribui para a construção de um futuro melhor e apenas o trabalho em conjunto entre todas as esferas da sociedade trará resultados para todos nós”, afirma Filipe Barolo, gerente de sustentabilidade da Cervejaria Ambev.


Mas como fazer a reciclagem?


Esse processo pode ser feito de diversas maneiras e muitas delas são simples a ponto de conseguirmos colocarmos na prática em casa mesmo, como a separação do do lixo .

Entretanto, essa requer um cuidado com a separação do lixo orgânico (restos de comida, por exemplo) do lixo seco. E é de muita importância que os materiais destinados a reciclagem sejam lavados e secos, para que não contaminem outros materiais e atrapalhem o processo. Mas o lixo orgânico também deve ser separado, pois até nele existem materiais que podem ser reciclados, como o óleo de cozinha, que pode ser extremamente contaminante.

Um único litro de óleo, ao ser descartado no ralo comum, é capaz de contaminar 1 milhão de litros de água. O ideal é armazená-lo separadamente, em garrafas bem vedadas (preferencialmente PET) e encaminhá-lo para as instituições apropriadas para receber este tipo de material, para que depois ele possa ser reciclado, principalmente na produção de sabão e biodiesel. Você pode verificar no site do CEMPRE (Compromisso Empresarial para Reciclagem) os lugares mais próximos de descarte deste e outros materiais.

É de suma importância também a separação do lixo seco, pois nem todos os lugares reciclam todos os tipos de lixo. Além de existirem materiais que ao serem amassados podem prejudicar no processo da reciclagem, como latinhas de alumínio e garrafas PET.

Ao destinarmos corretamente o lixo para a coleta seletiva, todo o trabalho posterior é simplificado, pois a matéria reciclável ainda precisa ser separada por diversos critérios válidos para se manter a mais próxima possível da original. Após esta triagem, os recicláveis ainda precisam ser prensados e enfardados para ocupar menos espaço e para que possam ser transportados.


Com essa separação podemos ter grandes benefícios, dentre eles:


● Diminuição da contaminação de solos e águas;

● Aumento da geração de riqueza;

● Vida dos lixões e aterros aumentando, já que haverá a diminuição da quantidade de lixo sendo destinados a esses locais;

● Geração de empregos;

Outra forma de realizar a reciclagem dentro de casa é através da compostagem, que é um processo natural em que os micro-organismos, como fungos e bactérias, são responsáveis pela degradação de matéria orgânica, transformando-a em húmus, um material rico em nutrientes e fértil, e que pode ser usado na agricultura, em jardins e plantas, substituindo o uso de produtos químicos. Nesse caso, o ideal para uma efetiva reciclagem em casa/apartamento seria a aquisição de uma composteira doméstica.

E esse processo utiliza-se do lixo orgânico, o que acaba gerando uma diminuição das sobras de alimento.

Curiosidades:

● O dia do reciclador e da reciclagem é celebrado 22 de novembro. Dia importante para esse profissional e para a atividade tão significativa para o meio ambiente;

● A reciclagem de uma única latinha de alumínio economiza energia suficiente para manter um aparelho de TV ligado durante 3 horas.

31 visualizações

Empresa Júnior de Consultoria de Negócios criada e gerenciada por alunos de Administração e Engenharia de Produção, 

Todo o valor ganho é revertido para a formação profissional dos nossos membros e alunos da UNIRIO

Saiba mais sobre nós...
Rua Voluntários da Pátria, 107 - 3° andar, Rio de Janeiro
Telefone: (021) 99437 - 4909